in

Febre Amarela – O que é, Sintomas, Prevenção e Tratamento

Febre Amarela – O que é?

A febre amarela é caracterizada por ser uma doença infecciosa, causada por um vírus chamado RNA. Essa, é manifestada na pessoa infectada através de febre e causa mal-estar, dor no corpo, dor de cabeça intensa.

Publicidade

É transmitido através da picada do mosquito infectado pelo vírus RNA (arbovírus, gênero Flavivirus, família Flaviviridae)

Febre Amarela – Quais os Sintomas?

Uma pessoa ao ser infectada, geralmente leva de 3 a 6 dias para apresentar os sintomas. Mas isso varia de acordo com cada organismo, e esse processo pode levar até 15 dias.

Entre os sintomas, os primeiros a aparecerem na maioria dos casos são: febre, calafrios, dor de cabeça, dor do corpo, vômitos, fadiga.

O período inicial da doença tem duração de aproximadamente 3 dias, mas isso pode variar de acordo com organismo de cada pessoa. Após esse período, é seguido por uma fase onde os sintomas diminuem e a temperatura cai, mas isso acontece por um curto período de tempo.

Publicidade

Após essas fases, é manifestada a terceira fase, chamada de estágio toxêmico. Essa é a fase mais grave do período da infecção, e todos os sintomas voltam a se manifestar.

Assim, tendo permanência de qualquer sintoma é preciso buscar por orientação médica. Dependendo da gravidade da infecção, a pessoa pode desenvolver um tom amarelado na pele.

Febre Amarela – Prevenção

A febre amarela tem como método preventivo, a vacina. Essa vacina é disponibilizada gratuitamente nas unidades de saúde do Brasil, durante o ano todo.

São consideradas áreas de risco no Brasil, para a infecção febre amarela: região norte (rural), centro oeste, Maranhão, uma parte do Piauí, Bahia, Minas Gerais, São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. É importante procurar saber sobre a incidência de infecção a onde estiver morando ou viajando e se prevenir.

Febre Amarela – Tratamento

Atualmente, não existe um tratamento que seja específico para a febre amarela. Quando diagnosticado, o paciente terá os sintomas controlados por medicamentos determinados pelo médico. É importante que o paciente infectado mantenha um repouso associado a uma ingestão alta de água.

Publicidade

Como qualquer doença, a necessidade pode variar de acordo com o organismo e a gravidade que se encontra a infecção. Em casos mais graves, pode ser encaminhado para uma internação e melhor administração dos remédios e cuidados.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Imagem com alimentos de fast food

Fast Food e Seus Malefícios a Saúde

Imagem alimentos ricos em ferro

Ferro – Qual a importância, Principais Fontes e Mais